“Aumento no uso de transporte motorizado privado no deslocamento das crianças para a escola na Região Metropolitana de São Paulo, Brasil, 1997-2012”

2016

Autores:

Thiago Hérick de Sá (Faculdade de Saúde Pública – USP)

Leandro Fórbias Machado de Rezende(Faculdade de Medicina– USP)

Fabiana Maluf Rabacow (Departamento de Educação Física, Universidade para o Desenvolvimento do Estado e Região do Pantanal, Campo Grande)

Carlos Augusto Monteiro (Faculdade de Saúde Pública – USP)

 

Título: "Aumento no uso de transporte motorizado privado no deslocamento das crianças para a escola na Região Metropolitana de São Paulo, Brasil, 1997-2012”

 

Data: 2016

 

Entidade principal: 

Núcleo de Pesquisas Epidemiológicas em Nutrição E Saúde. Faculdade de Saúde Pública – Universidade de São Paulo (São Paulo, Brasil)

 

A Região Metropolitana de São Paulo, Brasil, apresentou, entre 1997 e 2007, tendência de aumento do uso transporte motorizado privado nos deslocamentos de crianças para a escola, com potenciais prejuízos à saúde.

O objetivo deste estudo foi ampliar a análise de tal tendência para 2012 e discutir possíveis estratégias para aumentar a proporção de crianças que andam, pedalam e usam o transporte público.

A análise dos dados da Pesquisa de Mobilidade de 2012 indica não apenas a continuidade, mas a aceleração no aumento do uso transporte motorizado privado em deslocamentos de crianças entre 6 e 11 anos para a escola.

O efeito de iniciativas em andamento sobre essa tendência só será devidamente compreendido com o devido monitoramento dos deslocamentos cotidianos e a avaliação do impacto dessas ações sobre a saúde da população. Um pacote de políticas e programas voltados especificamente para a promoção e proteção da mobilidade a pé, de bicicleta ou por transporte público de crianças é imprescindível para garantir o deslocamento seguro, independente e ativo de crianças para a escola na Região Metropolitana de São Paulo.

 

[Também pode ser consultado o artigo (em inglês) "Changes in travel to school patterns among children and adolescents in the São Paulo Metropolitan Area, Brazil, 1997–2007"]

 

 

Please reload